Traduza para outra Lingua!

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

IGREJA MÓRMON PERDE LÍDERES PARA A DÚVIDA


Hans Mattson, com sua mulher, Birgitta, em Nova York
Foto de Sara Krulwich-14.jun.13/The New York Times

       Na pequena comunidade Mórmon onde cresceu, Hans Mattsson era um sólido fiel e um pilar da igreja. Ele seguiu seu pai e seu avô na liderança religiosa e finalmente tornou-se uma "autoridade regional" de supervisão da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mórmon) em toda a Europa.
Quando outros crentes suecos começaram a lhe trazer informações da internet que contradiziam a história e os ensinamentos da igreja, ele as rejeitou como "propaganda antiMórmon" e sussurros de Lúcifer.
Ele pediu ajuda a seus superiores e, quando estes pareceram apenas contornar as perguntas, Mattsson começou sua própria investigação.
"Parecia que eu tinha um terremoto sob meus pés", disse Mattsson, hoje uma autoridade regional emérita, depois que encontrou evidências de que o fundador da igreja foi um polígamo e que o Livro de Mórmon e outras escrituras estavam cheias de anomalias históricas.
"Tudo o que haviam me ensinado e tudo o que eu me orgulhava de pregar e testemunhar simplesmente desmoronou sob meus pés. Foi um trauma psicológico terrível, quase físico."
Em todo o mundo, a Igreja Mórmon está enfrentando uma onda de dúvida e decepção entre seus membros, que encontram na internet informações que sabotam os ensinamentos de sua fé, segundo entrevistas com dezenas de Mórmons.
Greg Prince, historiador Mórmon e empresário em Washington que ocupou cargos de liderança religiosa local, compartilha as dúvidas de Mattsson.
Ele disse que Mattsson é a autoridade mais graduada que ele conhece que levou a público essas preocupações.
"Considere um cardeal católico que, de repente, fala à mídia sobre sua própria igreja: 'Eu não acredito em muitas dessas coisas'", disse Prince.

HISTÓRIA DA IGREJA

A história da Igreja Mórmon gera desafios especiais. A Igreja nasceu nos Estados Unidos há apenas 183 anos. Atualmente, afirmam que tem 14 milhões de membros e ganha cerca de um milhão a cada três anos (85% deste número estão inativos) -- cada Mórmon sai numa missão de dois anos ao exterior para recrutar novos membros.
O fundador e profeta da Igreja, Joseph Smith Jr., e seus discípulos deixaram resmas de papel que ainda existem documentando seu trabalho e, às vezes, contradições.
"A Igreja Católica Romana teve 2.000 anos para solucionar os lapsos de sua história", disse Terryl L. Givens, professor de inglês, literatura e religião na Universidade de Richmond, na Virgínia, e um fiel Mórmon. "O mormonismo ainda é uma religião adolescente."
Eric Hawkins, porta-voz da igreja, disse que "a resposta não é tentar calar os críticos, mas fornecer tanta informação e tanto apoio quanto possível para aqueles que podem ser afetados".
Mas Mattsson e outros dizem que a desilusão está infectando os melhores e mais inteligentes da igreja.
Uma pesquisa com mais de 3.300 Ex-Mórmons, divulgada no ano passado, revelou que mais da metade dos homens e 40% das mulheres tinham servido em cargos de liderança na igreja.
Em 2000, Mattsson tornou-se o primeiro sueco a ser nomeado autoridade regional. "Eu estava em uma bolha e nos sentíamos muito felizes", disse ele.
As primeiras dúvidas lhe chegaram por membros que haviam recorrido à internet para pesquisar palestras para a escola dominical.
Perguntas em sites críticos na web indagam se Joseph Smith Jr. realmente teve dezenas de mulheres, algumas com apenas 14 anos, ou mulheres já casadas com outros líderes Mórmons; ou por que Smith afirmou que o Livro de Abraão, uma escritura central, foi uma tradução de antigos textos do patriarca hebreu Abraão, quando o papiro que Smith usou na tradução foi confirmado como um pergaminho fúnebre comum.
Mattsson disse que um importante apóstolo foi à Suécia a seu pedido e disse a um grupo de Mórmons que tinha em sua maleta um manuscrito que, quando publicado, elucidaria qualquer dúvida. Mas Mattsson disse que o texto nunca apareceu e, quando ele perguntou a respeito, disseram-lhe que ele estava sendo impertinente.
Outros identificaram o apóstolo como o Élder L. Tom Perry, que confirmou por meio de um porta-voz da igreja ter visitado uma filial na Suécia com membros céticos, mas disse que lembrava de ter satisfeito suas perguntas com uma carta.
A Igreja lançou sete volumes de documentos de Joseph Smith e publicou um ensaio sobre um dos fatos mais vergonhosos da história da Igreja, em que líderes religiosos planejam o assassinato de pessoas em um trem em 1857. Mas a Igreja não disseminou ativamente a maioria desses documentos.
Mattsson e sua família experimentaram outras Igrejas, mas ainda estão ligados a sua fé Mórmon. Mattsson disse que, quando começou a compartilhar o que aprendeu, o presidente regional (que supervisiona um grupo de congregações) lhe disse para não falar sobre isso com outros membros, nem mesmo com sua mulher e seus filhos.
Ele não obedeceu: "Eu lhes disse: por que vocês têm medo da verdade?".

Por LAURIE GOODSTEIN do "THE NEW YORK TIMES" com poucas inserções por Antonio Carlos Popinhaki


5 comentários:

  1. Repugnância se tem de uma pessoa que tem as informações de internet como se fossem as mais verdadeiras, quando sabemos que existem centenas de denominações indo contra o evangelho verdadeiro. Joseph Smith se casou apenas uma unica vez, que calunia se coloca NUMA REDE ONDE Se BOTAM Qualquer mentira E OS TOLOs Acreditam.Muitos despreparados que caem em qualquer conto de fada, é apenas uma pessoa despreparada, que não conhece a profundidade da realidade, que não respeita a fé dos outros,colocando depoimentos de uma crueldade que jamais imaginei que existissem pessoas desta laia. São verdaDEIROS REPTÉIS que devem se arrastar perenemente, quando não virar restolho, póis é a promessa de Deus aqueles que negam o espirito santo, melhor seriam que nunca tivessem nascido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos um Vídeo para comprovar que não é mentira e nem montagem:

      http://www.nytimes.com/video/2013/07/20/us/100000002347278/a-mormon-doubts.html

      Excluir
    2. Quanto aos casamentos de Joseph Smith Jr. temos o print do Family Search (Propriedade da Igreja Mórmon), onde qualquer membro da Igreja pode acessar:

      https://familysearch.org/pal:/MM9.2.1/M18D-5C8

      Excluir
  2. Rapaz, que irmãzinha desinformada, essa Dona Maria Rodrigues. Não conhece a própria religião?????????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é... sou membro ... e a igreja esconde muita coisa... e só nos passa o "basiquinho" de tudo.

      Excluir